quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Feliz Natal e um Bom Ano Novo

Votos de um Feliz Natal e que 2011 seja um ano muito bom, com muitas realizações científicas.
Saudações científicas.
A Equipa da Ciência na Ferreira

video

sábado, 18 de dezembro de 2010

Semana da Ciência e Tecnologia na Ferreira

A Semana da Ciência e Tecnologia 2010 decorreu na semana de 22 a 26 de Novembro e podemos dizer que este ano estivemos perante muito ilustres convidados.
Os eventos associados à Semana da Ciência e Tecnologia, realizam-se todos os anos na nossa escola, em comemoração do aniversário do famoso professor de química e física, poeta, investigador, historiador, escritor, fotógrafo, pintor e ilustrador Rómulo Vasco da Gama de Carvalho, que assumia o nome António Gedeão na sua escrita de modo a permanecer anónimo na sua arte literária.

Este ano além de termos assistido a uma séria de palestras de carácter científico, pudemos verificar que existiu uma grande colaboração entre o Departamento de Matemática e Ciências Experimentais e a biblioteca da escola. Foi feita uma exposição na biblioteca sobre Rómulo de Carvalho, sua vida e obra, e foram lidos no início de todas as palestras, poemas relacionados com o tema das mesmas, escritos pelo pseudónimo do génio investigador já referido.
Começámos a nossa semana dia 22 de Novembro pelas 12h, com uma palestra dada pela Professora Doutora Patrícia Gonçalves, Investigadora do Laboratório de Instrumentação de Física Experimental de Partículas e Professora Convidada no Instituto Superior Técnico, com o título “A Radiação no Espaço e os seus Efeitos”. Uma palestra quase totalmente direccionada para a compreensão dos problemas causados pelas radiações cósmica, solar e planetária, e das soluções para os mesmos. Com a explicação da professora, foram facilmente compreendidas as preocupações dos cientistas relativamente ao início de um novo ciclo solar e o efeito que este poderá ter nas comunicações. Tivemos ainda a oportunidade de entender as grandes diferenças entre o nosso planeta e Marte que poderão ser origem de dificuldades em “povoar o planeta”.

No dia 23 de Novembro recebemos o já nosso conhecido no âmbito da visita de estudo ao CERN no ano de 2009, mas não por isso menos interessante, Professor Doutor Pedro Abreu, Investigador do LIP, membro do Instituto Superior Técnico e Presidente da Sociedade Portuguesa de Física (Sul e Ilhas). O ilustre professor esteve connosco em duas palestras, uma de título “O que fazem os Físicos no CERN?” e outra em que estivemos perante um painel com ex-alunos ex-Olímpicos da Física e da Matemática. A primeira reflectiu principalmente sobre o papel do CERN na investigação da física de partículas e na importância da física na sociedade, porque na verdade serão investigações, como as feitas nesta área, que permitirão ao Homem conhecer a sua verdadeira origem.
Na segunda palestra, ex-alunos da nossa escola que, tendo participado em Olimpíadas na altura dos seus anos de ensino secundário, falaram da sua experiência e do que essas participações lhes trouxeram para a vida. Mais do que uma palestra, este momento foi uma conversa que permitiu a quem assistia esclarecer uma série de dúvidas sobre a mudança do secundário para o ensino universitário.As palestras de dia 24 de Novembro foram adiadas para o dia 10 de Dezembro.

No dia 25 de Novembro, recebemos na nossa escola a brilhante investigadora do Departamento de Ciência dos Materiais da Universidade Nova de Lisboa e do CENIMAT, Centro de Investigação de Materiais, Professora Doutora Elvira Fortunato. A, já muito galardoada, professora veio-nos falar da “Electrónica Invisível e de Papel”, começando por introduzir a área da nanotecnologia em que trabalha e dando exemplos do quão antigas são as aplicações desta área da ciência. Falou-nos ainda da sua mais conceituada invenção, que lhe valeu vários prémios, o transístor de papel. Ao apresentar-nos o seu trabalho nunca retirou mérito de toda a equipa que com ela colabora, mostrando-se muito humilde em relação às suas investigações e descobertas.No último dia desta semana da ciência recebemos os professores João Telhada e Marília Peres.
O Professor Doutor João Telhada, investigador do Departamento de Estatística e Investigação Operacional da Faculdade de Ciências de Lisboa, apresentou uma palestra com o título “Será que o Caixeiro Viajante morreu?”. O problema do “Caixeiro Viajante” é um dos problemas matemáticos mais antigos de optimização e a sua formulação é na realidade bastante simples: Como percorrer um conjunto de pontos, passando uma e uma só vez por cada um e regressando ao início, da forma mais barata possível? O problema é que a sua solução não é tão simples assim e é considerado pelos matemáticos actuais como um dos problemas matemáticos mais difíceis. A maneira utilizada pelo professor para expor este problema, tornou-o de fácil compressão ao nível a que era possível.
A professora Marília Peres da Escola Secundária José Saramago veio pela segunda vez à nossa escola, mas desta vez com um tema completamente diferente. A sua palestra tinha como título “Simplesmente H2O”, o que não traduz a realidade da complexidade desta molécula. Esta apresentação incluiu uma breve história sobre as investigações feitas em torno da água e ainda pormenores desconhecidos pela generalidade das pessoas em relação a este composto, como por exemplo, o facto de na realidade a água ser azul.Assim terminámos a nossa Semana da Ciência e Tecnologia 2010 e podemos dizer que foi uma semana de constante aprendizagem e sem dúvida das semanas mais interessantes do ano.

Ana Farlens
12º C3

Semana da Ciência e Tecnologia na FERREIRA



segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Dia Mundial da Luta contra a SIDA




No âmbito da sinalização do Dia Mundial da Luta contra a SIDA (1 de Dezembro) foram realizadas, no dia 30 de Novembro, algumas actividades de sensibilização, desenvolvidas por um grupo de alunos de 12º ano, que está a realizar um trabalho versando esta temática, em Área de Projecto; alunos do 7º C, uma das turmas – alvo do Projecto Educação Pelos Pares; bem como por professores envolvidos neste Projecto e no Projecto de Educação para a Saúde.
Apesar desta acção ter constituído uma actividade pontual, pretendeu deixar o alerta para a importância de estarmos informados sobre esta problemática, que no nosso país toma proporções preocupantes e relembrar que a melhor forma de agir é PREVENIR.
As Professoras
Anabela Dias e Marlene Serras